Giany de Almeida consultora Mary Kay.

Giany de Almeida consultora Mary Kay.
Contato: gianydealmeida@hotmail.com

terça-feira, 25 de maio de 2010

O Coração carregado, e a alma amarrada...

Como se entregar e se dispor à uma nova paixão?
Como fugir dos erros, já tão recorrentes no passado?
Quisera eu não ter dúvidas tão primárias e infantis, mas elas estão aqui dentro de mim o tempo todo, sempre...
Medos, receios e mais medos, de sofrer, de me decepcionar, de amar, de jamais amar novamente...de esquecer da garota ingénua e sonhadora que eu sempre fui.
A vida é um grande mistério, mas não consegue ser maior do que o do ser humano, até porque este é infinito e divergente de seus semelhantes, como jamais modos de vida, seriam uns dos outros.
Com ensinar alguém que já perdeu o entusiasmo com relação ás novas e antigas paixões, que tudo pode ser diferente?
Como garantir que será?
Como entender que que as pessoas são diferentes, mesmo sendo tão iguais? Tão diferentes no modo de vida, nas crenças e opiniões, e tão iguais, nas sua constituições primárias.
É possível acreditar nessas diferenças, uma vez que agimos com tamanha semelhança? Como acreditar que verdadeiramente (que dessa vez)se tenha encontrado "alguém diferente"?
Não podemos dizer. apenas torcer, confiar, Palavra difícil essa, mas tão repetidamente solicitada....
Confiança, seria justo pedir à um coração já cansado de sofrer e de se machucar que CONFIE?
Tarefa difícil! Nela, não podemos contar sequer com o bom senso, pois este aponta justamente para o caminho oposto, o da "FUGA"... Como diria Paulo Coelho** "permanecermos com "aquela terrível paz das tardes de Domingo."
Mas o mesmo texto ainda diz, *os sonhos mortos começam a apodrecer dentro de nós, e infestar todo o ambiente em que vivemos. Começamos a nos tornar cruéis com aqueles que nos cercam, e finalmente passamos a dirigir esta crueldade contra nós mesmos."
Mas qual outro caminho para um coração com sonhos, com amor e alegrias?
Não que todos estes, sejam frutos do "Amor", mas este contribuí e muito para a aparição de todos eles.
Uma coisa leva à outra, e somadas, revelam um ser humano pleno...aquele que por tanto tempo se retraiu e se escondeu atrás de falsas teorias de "Melhor só do mal acompanhado"
E qual a conclusão para todas as perguntas do texto?
"Ame-se, e permita que esse amor possa ser irradiado aos outros, principalmente à quem tão corajosamente se propõe a amar-te também, sem que para isso seja necessário algo em troca"Este é o mínimo de gratidão que deveríamos ser capazes de demonstrar.


Giany Matias, 26.05.2010

Um comentário:

Salete Maria disse...

Queremos parabenizar a você pelo blog e convidá-lo a visitar o nosso Cordelirando e ler um cordel sobre a Lei Ficha Limpa.
Neste cordel, Salete Maria nos informa, de maneira clara, porém simples, a respeito deste assunto tão importante, principalmente nos dias de hoje!
Abraço fraterno,
Equipe Cordelirando